quinta-feira, 7 de julho de 2011

GOSTO DE GENTE...


Gosto de gente!
Gente de todos os tipos...
Brancos, negros, asiáticos, índios, árabes...

Gosto de suas peculiaridades.
De suas diferenças.
De suas loucuras mais intímas.
Gosto de gente feliz,
mas aprendo demais com gente mal humorada e gente rancorosa.
Aprendo com aqueles que me fazem chorar.
Com aqueles que pisam nos meus calos e nos meus sentimentos.
Aprendo a não ser igual.
Não recrimino. Não me afasto.
Só tiro uma lição.
E não permito que me contamine.
Elas permitem que eu possa exercer a minha compreensão.
Elas permitem que eu me esforce para aprender o amor.

Gosto de gente que fala pouco, baixo.
Mas amo gente que fala, fala, fala!!! Alto!!!
Alto para todo mundo ouvir, que espalha sua felicidade pelas ruas.
Que deixa a vida sair por seus poros!
Gosto de homens, mulheres, gays,indefinidos, pobres ou ricos!
Nunca deixo que a casca de uma pessoa me afaste delas.
Já aprendi que aquela pessoa, que ás vezes, eu olho meio torto, pode me render boas risadas, boas conversas e boas amizades.

Gosto de gente que se emociona.
Que se emociona vendo cachorros, bebês, casais de idosos...
Gente que chora por causa de novela e de filmes água-com-açucar.
Mas gosto mais ainda de gente que se emociona de felicidade!
Se emociona com o gol do seu time de coração!
Gosto de gente que se emociona ao ver o filho com um diploma na mão e
de gente que se emociona vendo casamentos.
Gente que se emociona com a felicidade alheia.
E daqueles que ficam condoídos com o sofrimento do seu próximo.
Gente que estende a mão.
Que deixa de lado seus próprios interesses para exercer a caridade.

Gosto de gente que fala bom dia sem nem me conhecer e
até daquelas que me dão sorrisos com o canto da boca, sem coragem de se aproximar...
Gosto de gente discreta, mas também gosto das extravagantes.
Gente que sai fora do comum, nos ensinam coisas fora do comum.

Gosto de gente que me surpreende.
Gosto de me aproximar e perceber que aquela pessoa não é nada daquilo que eu pensei.
Principalmente quando as surpresas são boas.
Mas quando me surpreende e me machuca, não deixo de gostar.
Tenho certeza que a cicatriz vai ficar lá. Me deixando alerta.
Quem sabe, no futuro, me dando a oportunidade de exercer o perdão.

Gosto de gente que ama a vida.
Que sorri, que corre de frente com o vento e que mergulha de cabeça; com medo, mas cheios de esperança.
Gosto de gente que dança, canta e pula, sem ter medo de passar vergonha.
Mas também gosto daquelas que sentem vergonha.
(Ás vezes, elas me fazem pensar que eu devo ser mais discresta, hihihi!)
Gosto de gente louca, insana!!! Que me faz ver as coisas de cabeça pra baixo.
Gosto de gente que acrescente algo a minha vida, á minha história.

Todas as pessoas que cruzamos são novas oportunidades! São presentes da vida!
Mesmo com suas maluquices e fofurices!!!
Cada uma delas, de um jeito ou de outro, me fazem ser uma pessoa melhor.
E ter uma vida muito mais proveitosa!
(E mais divertida, com certeza!!! Absoluta!!!)

Gosto de gente que me dá oportunidade de ser e de tentar!!!
(Vocês!!!)

Beijos!!!

4 comentários:

Mi disse...

É isso que vale a pena! GOSTAR DE GENTE! Aprender todo dia, cada minuto da nossa vida! Parabéns! Continue expressando seus pensamentos! OBRIGADA!

Daíse disse...

Adorei, Nalva!!!
Uma vez fiz um texto parecido com esse!! Qq dia posto lá no blog!!!
Bjinhos!!!

disse...

temos que gostar, conhecer e tentar entender todo tipo de gente...
só nao gosto de gente insistente...rs..

beijoo e bom fds!

Daíse disse...

Nalvinha, querida,
não consegui deixar o comentário no teu novo blog... snif, snif!!!
Mas, vim aqui dizer que tô adorando o novo blog tb!!!

Bjão!

PS: Lindas as tuas palavras no meu blog!! OBrigada pelo carinho e a força!!!