sábado, 11 de setembro de 2010

"O BOM DA VIDA É SER FELIZ!!!"



"APRESSA-TE A VIVER BEM
E PENSA QUE CADA DIA É,
POR SI SÓ, UMA VIDA."

(Séneca)


Ás vezes, fico parada e pensando o seguinte:
Não tenho nada que eu possa chamar de meu nessa vida.
Não tenho casa própria.
Não tenho carro.
Não tenho marido (esse é um bem com o maior risco de eu achar que é meu e ele ser da vizinhança inteira...hahahah!)
Vivo com o necessário.
Vivo com o básico.
Com dinheiro suficiente.
Suficiente para ser feliz!!!

Nunca tive a pretensão de ganhar um dinheirão, fazer fortuna...
(Lógico que se acontecer, não acho NADA ruim!!!
Ou a menos que a Mega Sena resolva cair no meu colo...HIHIHI!!)
Já vi muita gente deixar de comer algo que está com vontade, deixar de fazer uma viagem agradável ou deixar de comprar alguma coisa que queira muito, simplesmente para engordar a conta bancária.
Não que economizar seja errado.
Também tenho minhas economias.
Mas inúmeras pessoas trocam o prazer da vida pelo prazer de ter um saldo gordo para garantir o futuro.
Um futuro que muitas vezes não chega!!!

Não trabalho mais do que preciso só para enriquecer.
Há menos que isso me dê prazer. Não pelo dinheiro.
Não aguento humilhações de chefe NENHUM por salário NENHUM!!!
Não deixo mais roupas novas guardadas no armário esperando uma ocasião especial.
Ela pode não acontecer.
Faço de hoje um dia especial! Estou viva!

Eu sou uma pessoa que prefere 'viver' o dinheiro.
Uso o dinheiro para o meu prazer.
Ele tem que me servir. E não eu que tenho que servi-lo.
Uso o dinheiro para saborear o bolo de limão que eu tanto amo.
Uso o dinheiro para poder tomar banho de mar lá em Paraty.
Uso o dinheiro para comprar o livro que eu tanto quero ler.
Uso o dinheiro para estar numa roda de amigos num lugar interessante.
Uso o dinheiro para ver o sorriso de alguém que amo, com um presente que achei a 'cara' dele.

Não tenho luxo e nem riquezas, mas já vi o pôr do Sol de muitos lugares diferentes.
Já conheci pessoas que alegraram a minha vida só por um dia.
Já chorei de tanto dar risada na companhia de velhos e novos amigos.
Já treinei o meu inglês láaaa na Bahia com estrangeiros que nunca vi na vida (e dei muuuuita risada também!!!)
Já passei mal de tanto comer aquela comida MARAVILHOSA do restaurante caro.
Já amei por uma noite.
Já fiquei quase um ano pagando prestação de uma viagem de Carnaval com as amigas.
(O Carnaval mais Carnaval de todos!! TOP!!!)
Já fiz coisas que hoje me deixariam extremamente amargurada se não as tivesse feito.
Mas fiz.
Não tenho nada!
Mas vivi!
E isso, ninguém nunca vai conseguir roubar de mim!!!


(Ah, aproveito para agradecer os amigos que me seguem aqui no blog.
Escrevo porque eu amo mas é muito bom saber que tem pessoas que curtem o que eu escrevo.
Beijos à todos!)

OBS.: O Roberto Carlos é que tem razão. "Importante é que emoções eu vivi!"


4 comentários:

Dan disse...

Oi Nalva,

Lindo texo/poesia, em muito me assemelho a você, penso assim mesmo, dinheiro não é prá enriquecer, mas prá aproveitar os momentos da vida, claro que podemos obter alguma coisa que nós de segurança no futuro, mas nada melhor que curtir um bolo, conversar com amigos, tomar um chopinho e nadar nas águas de Parati...

Abraços.

Zilda Santiago disse...

Belo texto!!!!

Anga Mazle disse...

É isso aí, Nalva. O medo de ser é a pior peste que assola a Humanidade. Infelizmente, como já dizia Oscar Wilde, viver é para poucos.

Muito bom conhecer o seu espaço.

Beijos

Flor de Maio disse...

Ola,passei pelo seu blog e gostei muito do que vi. Belas postagens.
se quiseres conhecer meu cantinho fique a vontade:
www.brisadaprimavera.blogspot.com
um abraço com carinho
Samira