sexta-feira, 25 de julho de 2008

ATÉ QUE PONTO A SOLIDÃO PODE SER RUIM ??

"ODEIO QUEM ME ROUBA A SOLIDÃO , SEM EM TROCA ME OFERECER VERDADEIRA COMPANHIA... "
(Nietzche)

Bom, hoje estava pesquisando alguns assuntinhos pra comentar por aqui, e encontrei uma página no Yahoo Respostas (que aliás, eu ADORO!!) perguntando o seguinte :
"Até que ponto a solidão pode ser ruim ??? " , feita pela coleguinha de YR, Dita Parlo. (o link está aí http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20060905064633AAqWa9M ).
Várias pessoas responderam, cada qual , a seu modo de vista....E lendo as respostas, percebi que a solidão é uma coisa pessoal...Está diretamente ligada a personalidade de cada um...acho que necessariamente, faz parte do ser humano. Mas cada qual a sua maneira...Eu, por exemplo, acho meus momentos de solidão, super prazerosos... Como sempre estou em contanto constante, acho que preciso dessas horas (ou minutos, segundos) pra me localizar em mim. Confesso que, ás vezes, no trabalho, dou uma fugidinha pra ir ao banheiro (mesmo sem vontade de usá-lo) pra ficar sozinha. E olha que como já disse, sou um ser super social, falante e com amigos á beça. Mas preciso em alguns momentos , parar e colocar os meus pensamentos e os acontecimentos a minha volta em ordem, preciso assimilar as coisas. Me sinto sempre muito acompanhada...Do momento que boto o pé na rua pra ir trabalhar até apagar a luz do meu quarto e dormir. As pessoas que estão na rua , o locutor da estação de rádio do meu mp4, o apresentador do telejornal, o jornalista que escreveu a matéria do jornal, sinto como se todos estivessem ali, facinhos, só esperando um contato meu, um apertar de botão...e sei que todos serão receptivos. Parece uma coisa egoísta. E talvez até seja... Tenho uma amiga, a Neci, que já me disse diversas vezes, que eu me basto, que eu me guardo muito pra mim, que não deixo as pessoas aproveitarem a minha companhia. Acho que ela tem razão. Mas bacana que ela gosta de mim e respeita esse meu jeito meio caramujo. Tá certo que as vezes respeita demais, kkkkkkkkkkkkkk......Gostaria de poder me reunir mais com ela, com a Sandra...Talvez esteja me roubando demais dos outros mesmo...Mas fazer o quê ? Eu gosto !!

Bom, mas voltando à página do YR, a resposta que eu mais gostei é essa abaixo, que mais retrata o que quero passar com essa história toda de solidão, é da Rose :

"Ela passa a ser ruim quando você passa a senti-la...explicando, as vezes estamos solitários mas nos sentimos bem conosco mesmo, as vezes até necessitamos dessa pausa e nem nos damos conta que estamos solitários...mas quando "percebemos" que estamos, então ai sim, a solidão é ruim..."

Não percebo que estou sozinha...Estou comigo !! E olha que sou uma ótima companhia !! Minha amiga Neci que o diga..kkkkkkkkkkk.....

Beijinhos...

Um comentário:

Neci disse...

Queria Nalva,
adorei ver meu nome no seu texto e adorei saber que "as vezes" você gostaria de estar comigo, mas prefiro que vc me procura pois fico triste quando vc nos "priva" de sua agradavel presença. Bom, falando agora de solidão, a meu ver é muito importante passarmos um tempo sozinhos, ser de todos e nãos ser de ninguém, evoluimos muito sozinhos , porem , para que esta evolução aconteça temos que estar em constante contato com as outras pessoas, pois a evolução acontece na nossa experiência com o outro. Lidamos com diferentes tipos de pessoas, quando "pegamos" algo de alguém, isso entra em nós , e dentro de nós isso sofre uma multação, se tranforma, fazendo com que possamos pensar melhor nas coisas, mas da nossa maneira.
Enfim tudo é bom, porem, da dosagem certa!

bjus
t amo