quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

"NA SUA ESTANTE..."


(Adorei essa foto!! Lindo!!!)


"...Á NINGUÉM TE MOSTRES MUITO ÍNTIMO,
POIS FAMILIARIDADE EXCESSIVA GERA DESPREZO..."

(São Tomás de Aquino)



Tenho um pequeno quartinho aqui em casa onde guardo as coisas que não me servem mais.
Está cheio de coisas velhas, antigas...
Brinquedos, livros, fotos, tintas, revistas, aquelas coisas que nos são tão importantes em certas épocas.
Tão importantes que eu não queria de jeito nenhum que elas saíssem de perto de mim.
Por isso, ao invés de irem para o lixo, mereceram ir para o quartinho de bagunça.
Vê só...São mais importantes do que o lixo!!!
Que honra!!!
Estão no 'QUARTINHO DA BAGUNÇA'.
Meus afetos e preferências estão pertinho de mim.
Pertinho de mim ???
Há meses não entro no quartinho de bagunça.
Nem sei mais direito o que há nele.
Aquelas coisas 'importantes' estão ali por puro egoísmo meu.


Gosto tanto delas. Apesar de desprezá-las.


Sei que um dia elas me serão úteis novamente.
Porque sempre que eu tiver vontade, sei que elas vão estar lá.
Esperando por mim.


De braços abertos (Até quando???)
Cheias de poeira.
No meu quartinho de bagunça.

OBS.: Será que consigo sair do seu quartinho de bagunça???


DE NOVO VÍDEO DA PITTY PQ TEM TUDO A VER...BEIJUUUUUUUUUUUUUUSSSSSS...

6 comentários:

Í.ta** disse...

precisamos do apego a coisas poucas assim. faz-nos bem na rotina de sempre, né?

abraços.

COISAS DE MÃE... disse...

Nalva como sempre com uma escrita tão profunda. Q coisa de psi é sua analogia do quartinho de bagunça, hein?? Amei! To pensando aqui no meu quartinho...

deia.s disse...

Gostei do seu cantinho, layout legal também :)
Se puder segue o meu?

http://amar-go.blogspot.com/

- Te seguindo já!

Neci disse...

..."A gente mexe num monte de coisas que estão guardadas, a gente tem que mexer em coisas que há muito estão esquecidas. Jogar,doar,se desfazer. Encaixota-se o passado, olha-se para o presente com um monte de sonhos para o futuro . Acredito que toda e qualquer mudança é um avanço, um passo à frente, uma ousadia que a gente se permite .É a hora de deixar muita coisa velha para trás, é hora de jogar muita tralha fora. E, se avaliarmos a situação sem meter o coração no meio, chegaremos a um previsível diagnóstico: como a gente guarda tralhas!!!
Mas é preciso ter coragem para encarar, vedar bem as caixas, jogar fora o que não serve mais ou simplesmente, não combina com a sua nova etapa de vida.
É preciso também vontade, é claro. E não pense que a vontade vem de você. Doar aquele vestido lindo que você comprou faz tempo mas nunca saiu do closet e sabe,no fundo,que nunca vai usá-lo não é fácil.É preciso praticar o desapego, olhar pra si mesma e dizer: Vamos lá, seja homem!!..."

Adriana Andrade carollo



Querida amiga escritora (meu sonho é ler um livro seu, ou melhor vários. Quero ler suas aventuras na Austrália, na China e no Canadá...rsrs), quando limpamos fora, limpamos dentro ...! Toda semana, me livro de coisas que não quero mais, que só me ocupam espaço. Desde fotos, amizades, roupas,sentimentos, ideias, hábitos antigos, músicas, roupas e etc. Assim, sinto-me mais leve, mais livre e mais dona da minha vida. O mais importante na vida, são as pessoas que marcaram, que foram significativamente importantes em nossas(como a sua querida e amada mãe). Essas pessoa guardo com o maior carinho no meu coração e na minha história. Não preciso de coisas que não preciso mais...rsrsrsr.

Beijos amiga.

" De todo amor que eu tenho, metade foi tú quem me deu..."

Saudades !!!!!


Neci Lins

Neci disse...

Esqueça " em nossas " e acrescente o s em nossa. Rs.

Obrigada.

Neci Lins

Neci disse...

Rs rs, o s é em "pessoa"

bj