sábado, 6 de março de 2010

''ENQUANTO VOCÊ NÃO CHEGA..."


"E DESDE ENTÃO, SOU PORQUE TU ÉS
E DESDE ENTÃO ÉS, SOU E SOMOS...
E POR AMOR
SEREI...SERÁS...SEREMOS!!!"

(Pablo Neruda)


"Enquanto você não chega, estou indo á noitadas,
em bares com os amigos a sua procura...
Aturando homens chatos, me fazendo cantadas baratas...
Enquanto você não vem, conheço homens errados e beijo bocas que não merecem o carinho dos meus beijos...só para me distrair!!!
Enquanto você não chega, estou rolando pelos dois lados da cama, aproveitando o espaço....vendo a novela, esquentando os pés no cobertor.
Enquanto você não vem, fico de olhos fechados, imaginando os beijos que iremos trocar a cada noite quando nos encontrarmos...Imagino as brigas para defender pontos de vista, por ciúmes bobos e por qual cor fica melhor na parede da sala.
Fico sonhando com as viagens que faremos juntos, com as flores que você irá me enviar, com o almoço de aniversário que te farei de surpresa, com a nossa aliança...
Estou aqui agora, imaginando qual a cor dos seus cabelos....
Imaginando o som da sua voz, o formato do seu rosto, como é o seu sorriso...
Qual será seu livro e música favoritos ?
Será que somos muito diferentes???
Só sei que, por enquanto, estamos distantes.
Você me procurando e eu procurando você!
Enquanto te espero, me divirto procurando distração na tevê, na internet, nos bares, nas bocas e rostos errados!
Estou fazendo e vivendo TUDO que eu quero agora, porque quando você chegar, vou ser sua e ninguém vai tirar...
Ainda não sei quem você é ou quando você virá, mas sei que virá.
Na hora certa, do modo certo, do jeito que eu espero (ou não!).
Mas sei que virá!
Amor, te espero!"

3 comentários:

Jair Gabardo. disse...

A mão seca, dedos abertos e braços que nuca se cansam a esperar pelos passos seus juntos aos meus. Uma certeza que o tempo desejou arrancar de mim e que a capacidade de sonhar e desejar realçada em minha mente que repulsa meu coração.

Lindo Blog!
Abraço,

Jair Gabardo.
www.paraquefiquem.blogspot.com

Jair Gabardo. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Aline A. disse...

Adorei o texto... se fosse em outras épocas eu até chorava! juro!
Mas agora aprendi a caminhar com a liberdade, de braços dados e dedos cruzados!

Brigada por seguir o Sobre Sentimento! Comecei a postar lá hj, junto com a Camila.

Estamos seguindos seus passos tb!
Bjsss